Iniciada nesta segunda-feira (08/06), a Campanha de Vacinação contra a Polio e Multivacinação

Começou nesta segunda-feira (8), a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Multivacinação nas Estrategias de Saúde da Família do Pio Mineiro e Morada do Parque. nas Estrategias de Saúde da Família do Pio Mineiro e Morada do Parque. A Secretaria Municipal de Saúde de Capitão Enéas espera ampliar as coberturas vacinais, até o dia 9 de setembro, de crianças com idades de um até quatro anos 11 meses e 29 dias e atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes, inclusive, com a realização do Dia D de Vacina, em 20 de agosto.

A Secretaria de Saúde conclama os pais e responsáveis por crianças nas faixas etárias da campanha de vacinação para procurarem a Unidade de Referência. “Temos toda a estrutura para o atendimento com a aplicação das vacinas. É essencial manter atualizada a carteira de vacinação e prevenir doenças graves nas crianças”, destaca o secretário Adriano Souza.

A mãe do Nícolas, de dois anos, Ana Caroline dos Reis, mantém atualizada a carteira de vacinação do filho. “Eu tenho muita atenção com as datas das vacinas dele e não deixo atrasar nenhuma porque sei que é muito bom vacinar para evitar doenças”, fala.

A SMS reforça que o adiamento da vacinação só deve ocorrer em situações em que a criança ou adolescente esteja com doenças febris graves para que os sintomas/sinais ou eventuais complicações não sejam atribuídas à vacinação e mascarem o problema real.

Campanha Nacional de Multivacinação

O objetivo da campanha é ampliar a cobertura vacinal, no caso da poliomielite, é reduzir o número de não vacinados de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, além de melhorar as coberturas vacinais, conforme preconiza o Calendário Nacional de Vacinação. O reforço com a campanha de vacinação se deve à baixa gradual na cobertura vacinal, que segue a mesma tendência do cenário nacional, e barrar o vírus que provoca a poliomielite.

Para a multivacinação, o público-alvo é o de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinados ou com esquemas vacinais incompletos. Serão ofertadas vacinas da BCG, Hepatite B, Penta (DTP/Hib/HB), Vip/Vop, Rotavírus, Pneumocócica 10-valente (conjugada), Menigocócica C (conjugada), Febre amarela.

Zé Guilherme

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content